Campanha Fala Quebrada

CAMPANHA #FALAQUEBRADA

As violências de Estado, como a violência policial, seguem tacando o terror na quebrada.

A formação de nossas redes locais de apoio e denúncia sempre foi nossa prioridade e agora, diante da piora de tudo, esses espaços continuam abertos, formados como um canal de apoio e de luta das quebradas.

Com isso, a Rede de Proteção e Resistência ao Genocídio faz um alerta:

1) Se a pessoa é pobre e ou negra, isso NÃO AUTORIZA que a polícia faça uso da violência.

2) Morar em quebrada NÃO LIBERA que a polícia cometa crimes contra esse morador ou essa moradora.

Por conta desse cenário de insegurança, a Rede abre um canal anônimo, de escuta, acolhimento e denúncia. O canal está aberto para receber fotos, documentos e relatos de violações de direitos humanos no Estado de São Paulo, nos seguintes links:

Para denunciar violência policial, acesse aqui:

https://forms.gle/f446ajmbiPpcmyVC6

É extremamente importante termos um mapa da violência nas periferias de São Paulo, isso nos dará informações sobre onde agir e acionar os órgãos competentes para que cumpram com sua função.

O Formulário está disponível para denunciar casos de violência de Estado, tais como: abuso, tortura, abordagem violenta, ameaça, prisão forjada, execução.

QUEM SOMOS NÓS: A Rede de Proteção e Resistência Contra o Genocídio é um movimento organizado nas regiões periféricas, composto por pessoas ligadas a organizações, coletivos e ONGs. São ativistas, militantes e profissionais de várias áreas, tanto do setor público, quanto do privado, do Estado de São Paulo. Desde 2017, buscamos formas de proteção e resistência contra as violações de direitos praticadas pelo Estado brasileiro, que representam uma violência institucional: a criminalização, o encarceramento massivo, a violência policial e a morte violenta que atinge especialmente quem é jovem, negro, ou pessoas que moram na periferia.

Para mais informações, acompanhar:

https://redecontraogenocidio.com/campanha-fala-quebrada/

https://www.facebook.com/RedeContraoGenocidio/


https://instagram.com/redecontraogenocidiosp?igshid=jn1e3bogsup2


Acesso ao formulário para denúncia de violações de direitos humanos, no trabalho ou na sua quebrada:

CASOS DE VIOLÊNCIA POLICIAL:

https://forms.gle/f446ajmbiPpcmyVC6

VIOLAÇÕES NO TRABALHO:

https://forms.gle/qpEcaq1QgWAn4nys6


São Paulo, Dezembro de 2020.